TÉCNICA FUE

30.FUE.ilustracao.png

Cada vez mais preferida, a FUE (folicular unit extraction) é uma técnica de retirada fia a fio da área doadora, sem deixar cicatriz linear. As unidades foliculares são retiradas através da utilização de um pequeno “punch”, que pode ter de 0,7 a 0,9 mm de diâmetro. Esses pequenos orifícios criados cicatrizam rapidamente. A FUE está indicada para pacientes que raspam os cabelos ou os utilizam bem curtos, ou para aqueles que já realizaram outros procedimentos prévios e não têm tanta elasticidade no couro cabeludo. Também pode ser indicada para um quadro inicial de calvície, quando não há a necessidade de se implantar muitos fios.

Vantagens da técnica FUE:

- Ausência de cicatriz linear. As microincisões são de 0,8 milímetros e as cicatrizes são minimamente visíveis, sendo possível cortes de cabelo bem curto.

- A recuperação e o retorno do paciente às atividades normais são mais rápidos. - Baixo índice de dor durante e após o procedimento.

- Indicada para transplante corporal, barba e sobrancelhas.

- Indicada para correção de cicatrizes alargadas no couro cabeludo.

- Pode ser associada à outras técnicas de transplante capilar.

Sobre a FUE: Área Doadora

A área doadora é a região que não é atingida pela calvície. Normalmente, situa-se na área lateral e posterior da cabeça.

 

Administrada a anestesia local, a área doadora é preparada para a remoção dos fios, um a um, ou seja, o processo é indolor. A remoção é feita com um “punch” e após a remoção dos fios da área doadora, eles são colocados em solução com baixa temperatura para sua preservação e a seguir inicia-se a colocação dos fios na área receptora.

 

A precisão é um fator de extrema importância neste processo, para manter a qualidade das unidades foliculares.

 

Após o adequado preparo das unidades foliculares, iniciamos a transferência para a região receptora.

31.Punch2.ok.jpg
32.1.Doadora.image0072 (1).jpg
32.UF1.jpg

Área Receptora

É a área calva a ser tratada, onde serão transplantadas as unidades foliculares. A área receptora é pré-definida em conjunto: cirurgião e paciente. E devemos sempre levar em consideração quais são as prioridades para o paciente.

Implantação

Na preparação, é aplicado anestésico na área receptora. Para implantação, utilizamos os chamados “implanters”, que delicadamente implantam a unidade folicular. Os implanters minimizam o contato do cirurgião com o fio a ser transplantado e facilitam uma maior pega das unidades foliculares.

 

Nesse processo são feitas as incisões que variam seu tamanho de 0.6 mm a 0,9 mm, seguindo a angulação natural do cabelo.

 

A perfeita harmonia determina o resultado final estético e natural do transplante e também a distribuição e densidade dos fios.

 

Em resumo, a habilidade e o aspecto crítico e artístico na cirurgia, determinam a qualidade do resultado final do transplante capilar.

33.dhi-hair-transplant.jpg
33.1.how-does-choi-implanter-pen-work_hw

O desenho da linha de cabelo

É a parte artística do processo e depende da percepção e senso artístico do cirurgião. O desenho depende do formato da face, e deve sempre seguir as proporções de simetria facial. Trata-se de grande responsabilidade escolher onde e como deverá ser colocado o cabelo.

 

Por isso, na primeira consulta realizamos um esboço a partir de onde será colocado o cabelo, e explicamos o motivo do posicionamento dos novos fios, uma vez que devemos aproveitar da melhor maneira possível os fios que são fornecidos pela área doadora do paciente.

34.hairline.jpg

Pós-operatório imediato

Ao final da cirurgia, a área transplantada é revisada e realiza-se a limpeza da área com solução fisiológica. Não utilizamos curativos ou bandagens. A seguir o paciente será encaminhado para recuperação, onde se alimentará com dieta leve (um lanchinho ou uma sopa).

 

O paciente permanece na clínica até passar o efeito da sedação, recebendo alta médica na sequência. Todo o acompanhamento do pós-operatório (orientações, consultas e avaliações fotográficas) é realizado por um ano após a cirurgia, pelos médicos e suas Equipes.

35.PósFUE.jpg

Quer Marcar uma consulta? Escolha a unidade mais próxima de você.