TRATAMENTOS CLÍNICOS

Sobre os Tratamentos Clínicos

O 1º passo para lidar com a calvície passa pelo diagnóstico médico. Uma consulta médica detalhada e um exame minucioso do cabelo e do couro cabeludo são essenciais para um diagnóstico correto, uma vez que os cabelos podem sofrer por condições da saúde em geral ou por doenças que afetam diretamente o folículo piloso

Uma vez diagnosticada, a calvície pode ser tratada de forma clínica, cirúrgica ou de ambas. O tratamento clínico visa retardar a progressão da calvície, com melhora estética em alguns casos. Ele é fundamental não apenas para conter a progressão da calvície como para regredir e cessar a perda capilar.

 

Por isso o ideal é que se inicie o mais cedo possível, sempre com acompanhamento médico especializado.
 


Indicações do tratamento clínico

- Pacientes que ainda não têm um padrão definido de calvície e
ainda não há uma indicação precisa para o transplante capilar.

- Pacientes que já realizaram o transplante capilar e buscam estabiliza a perda capilar (dos fios não transplantados), evitando assim realizar um novo transplante.

- Portadores de outras doenças do couro cabeludo.

Há opções de tratamentos tópicos, loções, medicamentos, laser, microinfusão de medicamentos na pele (MMP) dentre outros que são indicados conforme orientação médica. Nos casos de calvície mais avançados, o tratamento cirúrgico (transplante capilar) pode ser necessário.